Comentários sobre o conteúdo da prova discursiva

Prova Discursiva do Senado Nível Médio e Nível Superior
02/21/2018
Dicas para a prova do TST
02/21/2018

Comentários sobre o conteúdo da prova discursiva

Vale fazer alguns comentários em relação ao formato da prova discursiva para analista da Câmara Federal, duas questões discursivas: num primeiro momento, embora o certame da Câmara seja conduzido pelo CESPE, é bem provável que os candidatos tenham pensado em formato parecido com o que foi usado pela Fundação Getúlio Vargas no concurso do Senado. Por outras palavras, uma questão seria sobre um tema mais aberto de caráter geral, e a outra, sobre um conteúdo mais específico, de técnica legislativa, por exemplo.

Essa perspectiva de análise será levada em consideração e faremos alguns temas mais abertos. Todavia, há uma peculiaridade do edital da Câmara que merece atenção: todas as categorias têm como parte dos conhecimentos básicos, o item conhecimento gerais, com conteúdo que se repete para os cargos. Ora, se a Banca desejasse oferecer um tema mais aberto, de conhecimentos gerais, teria mencionado esse item na parte do conteúdo da prova discursiva, mas preferiu a direção do conteúdo específico.

Como conhecimentos específicos, encontramos: Regimento Interno da Câmara dos Deputados; Regimento Comum do Congresso Nacional, Constituição Federal e Noções de Ciência Política. Se lermos com atenção o conteúdo deste último tópico, veremos que dá ensejo a uma prova sobre temas presentes na pauta do Congresso Nacional e, também, nos meios de comunicação em geral. Naqueles, os itens são bem mais técnicos e relativos ao processo legislativo e às atribuições do Congresso Nacional.

Diante dessas constatações, é razoável presumir que a Banca dará uma questão discursiva voltada para o Regimento Interno e o processo legislativo e outra centrada em temas, como sistema eleitoral, mandato eletivo ou sistemas de governo, por exemplo. Para responder esta questão, o candidato deverá ter argumentos de natureza mais técnica, assentados nas propostas e discussões existentes no Congresso Nacional. Creio que a Banca pode até dar um tema de natureza geral, mas com um recorte mais técnico, o que demanda do candidato mais solidez de conhecimento. Mesmo fazendo resumos para dominar o conteúdo, o aluno precisará de estratégias para adequar o que foi aprendido às demandas da Banca. É neste ponto que se revela a importância do nosso curso.